Novo estudo revela como a perda de sono afeta o bem-estar físico e mental

clock-316604_1280

Basta três noites consecutivas de perda de sono para causar uma grande deterioração do seu bem-estar mental e físico. Um novo estudo publicado na revista Annals of Behavioral Medicine analisou as consequências de dormir menos de seis horas por oito noites consecutivas – a duração mínima do sono que os especialistas dizem ser necessária para manter a saúde ideal em adultos comuns.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Simone Biles: por que desistir às vezes pode fazer bem à saúde, segundo especialistas

'É um ato de coragem muito grande expor a dificuldade, a fraqueza ao público', diz psiquiatra Lívia Castelo Branco. FOTO: REUTERS

‘É um ato de coragem muito grande expor a dificuldade, a fraqueza ao público’, diz psiquiatra Lívia Castelo Branco. FOTO: REUTERS

“Não somos apenas atletas. Somos pessoas, afinal de contas, e às vezes é preciso dar um passo atrás”, disse a norte-americana Simone Biles na terça-feira (27/7) ao deixar a arena da Olimpíada de Tóquio, depois de desistir da final por equipes da ginástica artística.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘Geração digital’: por que, pela 1ª vez, filhos têm QI inferior ao dos pais – PARTE 2

Leia a primeira parte da matéria aqui.

vr-4054335_1280

BBC News Mundo: Quanto tempo as crianças devem passar em frente a telas?

Desmurget: Envolver as crianças é importante. Elas precisam ser informados de que as telas danificam o cérebro, prejudicam o sono, interferem na aquisição da linguagem, enfraquecem o desempenho acadêmico, prejudicam a concentração, aumentam o risco de obesidade, etc.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

O que é fadiga mental? Conheça os sintomas e como tratar

Fadiga mental gera sensação de esgotamento, falta de concentração e de motivação. Uma das causas são situações emocionalmente desafiadoras

tired-3737368_1280

A fadiga é uma sensação mais forte que o cansaço que pode ser mental ou física. Quando a fadiga é mental, há uma redução na eficiência mental e física temporariamente. A condição também pode ser nomeada como embotamento mental ou embotamento cognitivo, o que indica uma ausência de respostas a estímulos por parte da mente.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Zoom fatigue: saiba como driblar a exaustão provocada pelo excesso de reuniões por vídeo

child-5976952_1280

Zoom, TeamsWhatsapp, Hangout, SkypeGoogle Meet. Eis alguns dos principais aplicativos de videoconferência que chegaram com força para substituir as reuniões presenciais desde que as pessoas se viram forçadas a trabalhar em home office — e que hoje integram a rotina de centenas de milhões de profissionais no mundo todo.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Como não tornar o tédio no próximo Burnout

Você tem se sentido desmotivado? Sofia Esteves tem um conselho de carreira para você nesta coluna

continental-bulldog-2437110_1280

Se você mora em São Paulo, essa semana é de feriado prolongado. Talvez você esteja tentando descansar na segurança de casa, mas provavelmente o sentimento não é exatamente de alívio pela pausa no trabalho. Desde a pandemia — e seu agravamento recente — muita coisa mudou na nossa vida, mais afazeres no trabalho e também domésticos, usamos mais a casa e, portanto, acabamos sujando mais e tendo mais serviço. O trabalho também tem momentos intensos e os dias da semana às vezes parecem misturados, o calendário parece algo contínuo, sem interrupção.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Técnicas de respiração para aliviar a ansiedade

Técnicas simples de respiração ajudam a aliviar os sintomas da ansiedade que surge diante da pandemia do novo coronavírus  Aprenda como respirar corretamente.

happiness-1866081_1280

Em tempos de pandemia de novo coronavírus e quarentena, é comum ouvir de amigos e familiares relatos de exaustão mental por conta do excesso de informações, da dificuldade em manter a rotina de trabalho sem perder a produtividade, além dos problemas financeiros que começam a pipocar.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Dica de leitura: O trabalho não precisa ser uma loucura

livro o trabalho

Metas inalcançáveis, múltiplas reuniões, e-mails e mensagens de WhatsApp fora do expediente…dá para entender por que tanta gente adoece com a rotina e o ambiente de trabalho. Precisamos desconstruir esse modelo que preza por empregos árduos, acelerados e competitivos, propõem os executivos Jason Fried e David Hansson. Neste livro, eles trazem reflexões para funcionários, empreendedores e gestores e dividem suas experiências bem-sucedidas em uma companhia de softwares americana. A ideia é que a felicidade no trabalho possa andar lado a lado com os lucros da empresa.

É um compilado prático e inspirador dos insights e das experiências dos autores, mostrando o que fizeram e como é possível para qualquer empresário ou executivo aplicar as mesmas diretrizes, independentemente do tamanho da empresa. Está na hora de parar de comemorar a loucura e começar a celebrar a calma.

Você encontra aqui =▶ https://amzn.to/38bVuby

Fonte: direto do LinkedIn da Ana Maria Rossi

Coronasomnia: insônia incontrolável e automedicada preocupa os especialistas em medicina do sono

Entre as muitas perdas sofridas por milhões de pessoas no mundo todo durante a pandemia da covid-19, a perda do sono pode ser a mais difundida, com consequências potencialmente duradouras e prejudiciais para a saúde física, mental e emocional, apontaram pesquisadores em medicina do sono.

bear-2382779_1280

Os resultados de vários estudos e pesquisas realizados durante a pandemia mostram que a maioria dos participantes tem relato de alterações clinicamente significativas da qualidade do sono, dos padrões de sono e dos distúrbios do sono.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Estudo do Incor sobre sequelas cognitivas deixadas pela covid-19 pode virar referência da OMS

Líder de pesquisa que foca no diagnóstico e reabilitação de pacientes no pós-covid, a neuropsicóloga Lívia Valentin diz que falhas de memória ou atenção podem ser sinal de sequelas

despair-513530_1280

Muito pacientes que tiveram covid-19 relatam sinais e sintomas após se recuperar da doença. Um estudo inédito realizado no Instituto do Coração (Incor) analisou as consequências cognitivas que a doença pode deixar no indivíduo. Os primeiros resultados apontam que não só aqueles que tiveram a doença na forma mais grave sofreram com alguma sequela cognitiva, mas também aqueles que tiveram sintomas mais leves, incluindo os assintomáticos.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading