Pesquisadores descobrem como o estresse agudo pode fazer o cabelo ficar branco

Eles costumam surgir de forma tímida lá pela terceira década de vida e, gradualmente, vão conquistando toda a cabeça. Para a maioria das pessoas, somente por volta dos 50 anos de idade torna-se impossível disfarçar os cabelos brancos sem uma visita mensal ao salão.

japanese-4677848_1280

No entanto, relatos médicos sugerem que o processo de despigmentação capilar – ou canície, no jargão científico – pode ocorrer de modo bem mais acelerado sob condições de estresse intenso e persistente ou depois de um grande trauma. Alguns historiadores especulam que tal fenômeno acometeu a rainha Maria Antonieta quando, no auge da Revolução Francesa (1793), soube que seria levada à guilhotina.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Projeto de Lei busca promover assistência à saúde mental de policiais

Proposta é de autoria da Bancada Ativista (PSOL-SP); o objetivo é garantir a saúde dos policiais e a preservação da vida

car-1531277_1280

Um projeto de lei (PL) de autoria da Bancada Ativista (PSOL-SP) propõe que agentes de segurança pública do estado de São Paulo vítimas de violência, ao cumprir suas funções ou em razão delas, devem receber proteção e assistência à saúde mental.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Nunca Tivemos Uma Geração Tão Triste

pug-1209129_640

Augusto Cury, famoso psiquiatra que tem livros publicados em mais de 70 países e dá palestras para multidões, lançou recentemente uma versão para crianças e adolescentes de seu best-seller: “Ansiedade – como enfrentar o mal do século”. Nele o autor fala sobre os desafios de se criar um filho hoje em dia e criticou como pais e escolas têm educado os pequenos.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Estudo alerta que mundo está em crise de saúde mental

Uma em cada quatro pessoas vai sofrer com algum transtorno mental em algum momento da vida, de acordo com a OMS

fear-981384_640

Os distúrbios de saúde se alastram em todos os países do mundo e podem custar à economia global até US$ 16 trilhões entre 2010 e 2030, de acordo com o relatório Lancet Comission feito por 28 especialistas em Psiquiatria, saúde pública e neurociência.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

O que NÃO falar para quem tem problemas psiquiátricos [sincerão]

Vale para depressão, ansiedade, burnout, síndrome do pânico, boderline e vários outros

cat-334383_640

Eu, que mandei este texto para você, não quero ser mal educado, apesar da pessoa que escreveu parecer um pouco rude as vezes. Mas, relaxa, a colega só toma um remedinho que deixa ela sincera demais, só que as dicas você ainda precisa saber, tá? Com muito carinho.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Depressão: O segredo de todas as famílias

Onze milhões e meio de brasileiros sofrem oficialmente de depressão, segundo a OMS

O músico Iván Ferreiro em seu estudo em Gondomar (Espanha). OSCAR CORRAL EL PAÍS

O músico Iván Ferreiro em seu estudo em Gondomar (Espanha). OSCAR CORRAL EL PAÍS

“Saia e conte para alguém.” Foi a resposta de Harvey Milk quando um jovem lhe perguntou como poderia ajudar a combater o estigma da homossexualidade. Quarenta anos depois, o escritor Andrew Solomon repete o conselho do ativista gay norte-americano, mas para vencer outro tabu: a incompreensão e a vergonha que cercam quem sofrem de depressão. Solomon, escritor e professor de Psicologia em Columbia, fez disso uma cruzada pessoal. E luta para romper o silêncio que acompanha um transtorno que já afeta 2,5 milhões de espanhóis – os diagnosticados, já que muitos nem sequer se atrevem a confessar o que sentem. No Brasil, 5,8% da população sofre da doença, o que representa 11,5 milhões de brasileiros, segundo a OMS.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Depressão no ambiente de trabalho: superando as dificuldades

Com o desenvolvimento das tecnologias e o caminhar das sociedades – estas, que ganharam muito, mas também perderam muito com o mundo globalizado – tem se também o desenvolvimento de novas lógicas de trabalho, das indústrias e das empresas, que cada vez mais, conforme cresciam, foram exigindo disposições sempre mais intensas de seus funcionários, dada as necessidades de um mercado extremamente voraz.

sad-505857_1280

Tendo esse cenário em vista, rotinas exaustivas e o aumentar das pressões por resultados nos ambientes de trabalho tornaram-se experiências comuns dentro destes lugares. Com isso, algo possível de ser observado entre seus frequentadores fora o aumento de suas taxas de stress, de suas taxas de ansiedade e de outros sintomas que, quando em excesso, teriam um poder altamente negativo e catastrófico em nossas vidas e em nossa saúde como um todo.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Enfermeiros. 70% sofrem de ansiedade e 20% de depressão grave

Em média, sete em cada dez enfermeiros dizem sofrer de ansiedade e insónia.

E nove em cada dez consideram mesmo ter uma disfunção social.

Um estudo da Universidade Católica, que envolveu mais de 1.200 profissionais, revela que quase dois terços têm uma perceção negativa da própria saúde mental e que sofrem de uma doença física, pelo menos.

Entre os que fazem turnos, 90 por cento dizem que não dormem o suficiente e 20 por cento assumem mesmo que enfrentam uma depressão grave.

O estudo faz notar ainda que o cenário é pior entre os que exercem a profissão em hospitais.

A Bastonária dos Enfermeiros sublinha que estes resultados vão de encontro ao levantamento feito há dois anos pela própria Ordem, e que apontava para um quinto dos profissionais em estado de exaustão.

Fonte: RTP Notícias – Fotografia: Rawpixel para Pixabay

A psicoterapia é “O” tratamento biológico

harmony-1229893_1280
A neurociência surpreendentemente nos ensina que a psicoterapia não é apenas puramente biológica, mas é o único tratamento biológico real. Ele aborda o cérebro na maneira como ele realmente se desenvolve, amadurece e opera. Segue os princípios da adaptação evolutiva. É consonante com a genética. E cura especificamente as adaptações problemáticas do cérebro precisamente nas formas que elas evoluíram em primeiro lugar. A psicoterapia desativa os mapeamentos do cérebro mal-adaptativos e promove caminhos novos e construtivos. Deixe-me explicar.