COMO COMBATER 3 HÁBITOS QUE NOS DEIXAM ESGOTADOS SILENCIOSAMENTE

Você está tão exausto que é difícil até mesmo encontrar palavras para descrever essa sensação, ainda que já tenha se certificado de que não possui nenhum problema de saúde?

cat-4218424_1280

Talvez você já tenha seguido o clássico conselho: tenha uma dieta equilibrada, se exercite e durma o suficiente.

Porém, há certos hábitos do cotidiano que podem estar afetando seu vigor, e você sequer suspeita disso.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

EMPRESAS TESTAM SEMANA DE 4 DIAS

business-2879463_1280

Mais de um século desde a adoção da semana de cinco dias de trabalho pelo americano Henry Ford, que virou regra no mundo todo, um novo modelo com apenas quatro dias de atividades começa a ser testado, com resultados positivos. No Brasil, companhias que instituíram a nova jornada veem melhorias de eficiência, bem-estar dos trabalhadores, retenção de talentos e até aumento de receitas. Por ora, a mudança tem sido adotada mais pelas companhias de tecnologia, como Crawly, NovaHaus, Winnin, AAA Inovação, Gerencianet e Eva.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Continue reading

HOME OFFICE E TRABALHO HÍBRIDO DESENCADEARAM CASOS DE BURNOUT ENTRE JOVENS, APONTA ESTUDO

Síndrome tem afetado principalmente a saúde mental dos trabalhadores da Geração Z, que têm papéis de liderança em suas empresas

thoughtful-business-woman-sitting-table-working-laptop-while-holding-her-cute-little-baby-near

A pandemia da Covid-19 tem afetado não somente a dinâmica das relações de trabalho, mas também a saúde mental dos profissionais que estão trabalhando à distância. Segundo pesquisa feita pela LHH do Grupo Adecco, empresa suíça de recursos humanos que atua em 60 países, 38% das pessoas ouvidas dizem ter sofrido da Síndrome de Burnout, ao longo do ano passado.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

DE BICHO-PAPÃO À MORTE DOS PAIS: PANDEMIA INTENSIFICOU MEDOS REAIS DAS CRIANÇAS

Com a pandemia, o imaginário infantil, cheio de monstros, foi substituído por medo de animais, da perda dos pais e do coronavírus, mas nada que o diálogo e a proteção dos adultos não possam aplacar, afirmam especialistas

Em qualquer circunstância, é muito importante acolher e levar a sério os medos infantis. Os pais devem se interessar por seus filhos e protegê-los das invasões do ambiente, confortando-os quando o medo aflora. “Os braços do pai, da mãe, ou de qualquer outra pessoa de confiança, são os melhores remédios contra a ansiedade infantil”

Em qualquer circunstância, é muito importante acolher e levar a sério os medos infantis. Os pais devem se interessar por seus filhos e protegê-los das invasões do ambiente, confortando-os quando o medo aflora. “Os braços do pai, da mãe, ou de qualquer outra pessoa de confiança, são os melhores remédios contra a ansiedade infantil”

“Antes da pandemia os medos eram mais fantasiosos, como de personagens de filme de terror, por exemplo, mas um grande acontecimento, como a pandemia, deu lugar aos medos reais”, conta a psicóloga Geovana Figueira Gomes, que estudou os medos infantis nesses tempos de covid-19. Em sua pesquisa pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, a pesquisadora observou, entre as crianças, mais medos de natureza real. A forma como o mundo se apresenta e as mudanças constantes influenciam esses temores. E, provocadas pelo clima da pandemia, no lugar dos fictícios, as crianças tiveram mais medo de animais e insetos, da perda dos pais, das doenças e, principalmente, do coronavírus.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘PLANTÃO DE 40 HORAS’: A ROTINA DE MÉDICOS RESIDENTES QUE MOTIVA DENÚNCIAS E DEMISSÕES COLETIVAS

Segundo entrevistados, denúncias de sobrecarga e formação insatisfatória por residentes da Unicamp não é caso isolado, se repetindo em outras residências em medicina do país - Foto: Fernando Zhiminaicela para Pixabay

Segundo entrevistados, denúncias de sobrecarga e formação insatisfatória por residentes da Unicamp não é caso isolado, se repetindo em outras residências em medicina do país – Foto: Fernando Zhiminaicela para Pixabay

A médica Kátia Paulino, 28 anos, sabe bem o que é uma decisão drástica como a de médicos residentes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que anunciaram através de uma carta aberta, no início de maio, a demissão coletiva do programa de residência em ortopedia e traumatologia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), por denunciarem sobrecarga de trabalho e condições inadequadas de aprendizagem.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Mau comportamento dos pacientes pode provocar burnout em médicos

stethoscope-840125_1280

Médicos que sofrem maus-tratos e discriminação por parte de pacientes, familiares e visitantes têm maior probabilidade de apresentar sinais e sintomas de burnout, de acordo com um estudo publicado em 19 de maio no periódico JAMA.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Solidão: o que é, impactos na saúde e como prevenir

Descubra como prevenir e tratar a solidão, que afeta a saúde mental e pode contribuir para o desenvolvimento de doenças

parking-space-gce39aadb5_1920

A solidão é uma emoção humana universal que afeta milhares de pessoas em todo o mundo – e cada indivíduo a vivencia de maneira única. Segundo estudos, a experiência da solidão pode ser responsável por uma série de problemas associados à saúde mental e contribuir até mesmo para o desenvolvimento de doenças físicas. No entanto, como não tem uma causa específica e comum a todos os indivíduos afetados, a prevenção e o tratamento variam e podem depender de outros fatores subjacentes.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘Cérebro pandêmico’ não se limita aos pacientes infectados pelo SARS-CoV-2

O estresse de viver uma pandemia pode causar inflamação cerebral mesmo em quem não se infectou, sugere um novo estudo.

light-bulbs-g123885a44_1280

Pessoas saudáveis cujo resultado do PCR para SARS-CoV-2 foi negativo apresentaram altos níveis de marcadores inflamatórios conhecidos por participarem de depressão, estresse e fadiga mental. O estudo indicou uma possível relação entre os fatores de estresse associados à pandemia e as respostas neuroimunes.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Crianças no celular: quanto tempo devem usar e 7 sinais de excesso

Quase 90% das crianças e dos adolescentes brasileiros estão conectados à internet. Desses, 95% usam o celular como principal dispositivo para acessar sites e aplicativos.

 

Esses dados, obtidos a partir de um levantamento de 2019 do Comitê Gestor da Internet no Brasil, endossam o fato de que o mundo online faz parte da realidade da maioria da população — e é praticamente impossível pensar que essa “dependência digital” vá diminuir nos próximos anos (ou nas gerações futuras).

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading