BURNOUT, ABUSO DE DROGAS E TENTATIVA DE SUICÍDIO ENTRAM EM LISTA DE DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO

Lista atualizada pelo Ministério da Saúde inclui 165 novas patologias. Entre 2007 e 2022, o Sistema Único de Saúde (SUS) atendeu quase 3 milhões de casos de doenças ocupacionais.

crise-economica-global-covid-19

Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (29) uma atualização da lista de doenças relacionadas ao trabalho. Foram incluídas 165 novas patologias na portaria publicada no “Diário Oficial da União”. De acordo com o governo, a “quantidade de códigos de diagnósticos passa de 182 para 347″.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

“QUIET AMBITION”: A TENDÊNCIA QUE AMEAÇA A SUCESSÃO NAS EMPRESAS

Em nome da saúde física e mental e do equilíbrio de vida, profissionais estão rejeitando posições de liderança e redefinindo o significado de ambição

vista-frontal-da-cadeira-de-trabalho-ao-lado-da-janela

Esse movimento tem ameaçado a carreira corporativa como a conhecemos, baseada em promoções como incentivo constante, de acordo com um relatório da plataforma de people analytics canadense Visier – com 1000 entrevistados, o projeto mostra que os profissionais estão evitando cargos de gestão para ter mais tempo livre. Uma reportagem publicada pela revista “Fortune” chama essa reviravolta de era da “quiet ambition” (ambição silenciosa), uma vez que os profissionais mais jovens estão se recusando a “trabalhar apenas por trabalhar”.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

SAÚDE MENTAL NO TRABALHO: O QUE IMPEDE OS FUNCIONÁRIOS DE BUSCAR APOIO?

Mais da metade dos profissionais brasileiros nunca contou com ajuda psicológica, segundo pesquisa realizada pela Ticket

jovem-e-concentrado-redator-afro-americano-vestindo-uma-camisa

Mais da metade dos profissionais brasileiros (56%) nunca contou com apoio psicológico ou psiquiátrico, segundo pesquisa realizada pela Ticket, marca da Edenred Brasil de vale-refeição e vale-alimentação, com mais de 500 pessoas, na primeira quinzena de julho deste ano.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

VEJA AS 6 ÁREAS QUE MAIS SOFREM COM BURNOUT, SEGUNDO ESTUDO QUE USA IA

O perfil dos líderes também foi avaliado. A geração X de C-Levels possuem a maior pontuação relacionada à doença

O burnout ganhou mais destaque com a pandemia, tanto que foi classificada como doença ocupacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2022

O burnout ganhou mais destaque com a pandemia, tanto que foi classificada como doença ocupacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2022

A síndrome do esgotamento profissional, conhecida como burnout, ganhou mais destaque com a pandemia, tanto que foi classificada como doença ocupacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2022. Esse reconhecimento gerou um alerta para as empresas, que começaram a buscar ações internas voltadas para a saúde mental de seus funcionários.

AS PESSOAS QUE SENTEM CULPA QUANDO NÃO ESTÃO TRABALHANDO

Para muitas pessoas, uma grande vantagem de ser autônomo é ter controle sobre a administração do próprio tempo.

triste-mulher-asiatica-olhando-pela-janela-sentada-no-chao-com-uma-cara-triste-e-miseravel-bebendo-cafe-na

Muitas vezes, no entanto, essa mesma liberdade traz a sensação de culpa pelo tempo passado sem trabalhar — o tempo de lazer que os profissionais autônomos, teoricamente, poderiam usar para ganhar dinheiro.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

ESTRESSE PROFISSIONAL: A NOVA PANDEMIA

Avançam as pesquisas apontando novas situações além da síndrome de Burnout, já reconhecida como um importante gatilho das doenças de trabalho

close-up-na-jovem-empresaria

O fim da emergência de saúde pública da covid, declarado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), não representou o fim da doença e nem de suas consequências. Uma delas está sendo sentida no trabalho. O estresse profissional afeta 72% dos brasileiros, frequentemente causando adoecimento. Além disso, o custo com esse estresse ocupacional no Brasil é estimado em 3,5% do PIB.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

SÍNDROME DE BURNOUT ATINGE UM A CADA TRÊS PROFESSORES INFANTIS, APONTA ESTUDO

Salários defasados, violência nas escolas e pressão por resultados estão entre os fatores que contribuem para a aumentar o estresse no exercício da docência

professora-ajudando-garota-nos-deveres-de-casa

Aproximadamente um terço dos professores da educação básica sofre da síndrome de Burnout. É o que aponta um estudo feito na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Continue reading

BRASIL TERÁ TESTE PARA SEMANA DE 4 DIAS DE TRABALHO. VEJA COMO VAI FUNCIONAR

Iniciativa da organização 4 Day Week, em parceria com a brasileira Reconnect Happiness at Work, começa em junho

colegas-trabalhando-juntos-plano-medio

O Brasil será palco de um experimento sobre o impacto da jornada de trabalho semanal de quatro dias, que acontecerá entre junho e dezembro de 2023. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a organização sem fins lucrativos 4 Day Week, que conduz teses globais sobre a carga horária reduzida, e a brasileira Reconnect Happiness at Work.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

PROFISSIONAIS DA SAÚDE QUE TRABALHAM À NOITE TÊM RISCO AUMENTADO PARA SOBREPESO E OBESIDADE

Os principais fatores associados a essa condição são a má alimentação, a privação de sono – que leva à desregulação hormonal – e o sedentarismo

dr

O trabalho noturno ou em escala rotativa (12×36) traz repercussões negativas à vida dos profissionais da área da saúde, sobretudo aos enfermeiros que formam a maior parte dessa categoria. Uma pesquisa da USP mostra que jornadas de trabalho irregulares e prolongadas são fatores de risco para aumento da obesidade e do sobrepeso. O estudo também apontou os elementos envolvidos nessa condição: a privação do sono, o sedentarismo e a má alimentação.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading