Empresas não ligam para o bem-estar do funcionário, diz professor de Stanford

Segundo Jeffrey Pfeffer, o ambiente de trabalho é a fonte de estresse e toda companhia precisa agir como se estivesse no ramo da saúde

“O trabalho está matando as pessoas e ninguém se importa”. Assim Jeffrey Pfeffer, professor da Escola de Negócios da Universidade Stanford começou sua palestra hoje (13/09), durante o Simpósio Work Place Wellness, no Insper, em São Paulo (SP). Segundo o professor, a principal fonte de estresse no mundo é o ambiente de trabalho. “Toda empresa tem que entender que está no ramo da saúde”, diz.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Empresas lançam programas para prevenir o burnout

Especialistas acreditam que iniciativas como yoga, meditação e sala de descanso no ambiente de trabalho precisam estar alinhadas a políticas voltadas à saúde mental

angry-bird-2234295_640

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, o burnout tem se tornado cada vez mais comum. Neste ano, a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que irá incluir a síndrome na próxima revisão da Classificação Internacional de Doenças, que passa a valer a partir de 2022. Apesar de em um primeiro momento afetar apenas o funcionário, especialistas concordam que o tratamento e a prevenção do burnout precisam partir de mudanças internas na empresa.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Doenças mentais são as maiores causas de afastamento no trabalho

hand-4070547_640

De acordo com estudo divulgado nesta terça-feira (20), no seminário Ação Global para o Aprimoramento Mundial da Saúde Mental – as doenças mentais são responsáveis por cinco das dez principais causas de afastamento do trabalho no País — sendo a primeira delas a depressão , o que representa um gasto de R$ 2,2 bilhões por ano, o equivalente a 19% dos custos com auxílios-doença pagos pela Previdência Social a um universo de 1,5 milhão de pessoas.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Gigante de telecomunicações francesa Orange está em julgamento após suicídio de 19 funcionários

A empresa Orange, gigante de telecomunicações francesa, está sendo processada por assédio moral, entre outras acusações, após o suicídio de 19 funcionários e a tentativa de outros 12 no intervalo de três anos. Mais de 100 pessoas afirmaram que a cultura da empresa contribuiu para problemas na saúde mental dos funcionários.

conference-room-768441_640

O julgamento, que teve início na última segunda-feira, está sendo caracterizado como o maior caso do tipo envolvendo uma empresa e seus executivos. Originalmente, haviam 39 funcionários envolvidos no caso, sendo que quase metade destes cometeram suicídio, e mais 126 pessoas pediram para se juntar à acusação, afirmando que também sofreram com a cultura da empresa.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Número de bancários doentes dispara em oito anos

Dados obtidos no INSS revelam que de 2009 a 2017, a quantidade de trabalhadores de bancos afastados por transtornos mentais cresceu 61,5%, e o total de afastados aumentou 30%; número absoluto de trabalhadores adoecidos pode ser ainda maior devido à subnotificação 

tie-690084_640

O número de bancários afastados por doenças cresceu substancialmente entre 2009 e 2017, segundo dados do INSS obtidos pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Cobrança excessiva e assédio moral favorecem lesões no trabalho

Estudo na revista “Saúde e Sociedade” mostra relação entre cobrança, assédio e as chamadas lesões por esforço repetitivo

stress-624220_640

O trabalho que se repete diariamente, acompanhado de esforço, acaba gerando dores e prejuízos à saúde – são os chamados “transtornos traumáticos cumulativos”. Artigo publicado na revista Saúde e Sociedade apresenta resultados de uma pesquisa que enfocou o transtorno conhecido por LER (Lesões por Esforços de Repetição) ou DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘Hoje o indivíduo se explora e acredita que isso é realização’ – diz o filósofo sul-coreano Byung-Chul Han

burned-down-252232_640

“A sociedade do século XXI não é mais a sociedade disciplinar, mas uma sociedade de desempenho. Também seus habitantes não se chamam mais “sujeitos de obediência”, mas sujeitos de desempenho e produção. São empresários de si mesmos”
– Byung-Chul Han, em “Sociedade do Cansaço”.[tradução Enio Paulo Gianchini]. São Paulo: Editora Vozes, 2015.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Depressão: O segredo de todas as famílias

Onze milhões e meio de brasileiros sofrem oficialmente de depressão, segundo a OMS

O músico Iván Ferreiro em seu estudo em Gondomar (Espanha). OSCAR CORRAL EL PAÍS

O músico Iván Ferreiro em seu estudo em Gondomar (Espanha). OSCAR CORRAL EL PAÍS

“Saia e conte para alguém.” Foi a resposta de Harvey Milk quando um jovem lhe perguntou como poderia ajudar a combater o estigma da homossexualidade. Quarenta anos depois, o escritor Andrew Solomon repete o conselho do ativista gay norte-americano, mas para vencer outro tabu: a incompreensão e a vergonha que cercam quem sofrem de depressão. Solomon, escritor e professor de Psicologia em Columbia, fez disso uma cruzada pessoal. E luta para romper o silêncio que acompanha um transtorno que já afeta 2,5 milhões de espanhóis – os diagnosticados, já que muitos nem sequer se atrevem a confessar o que sentem. No Brasil, 5,8% da população sofre da doença, o que representa 11,5 milhões de brasileiros, segundo a OMS.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading