Cobrança excessiva e assédio moral favorecem lesões no trabalho

Estudo na revista “Saúde e Sociedade” mostra relação entre cobrança, assédio e as chamadas lesões por esforço repetitivo

stress-624220_640

O trabalho que se repete diariamente, acompanhado de esforço, acaba gerando dores e prejuízos à saúde – são os chamados “transtornos traumáticos cumulativos”. Artigo publicado na revista Saúde e Sociedade apresenta resultados de uma pesquisa que enfocou o transtorno conhecido por LER (Lesões por Esforços de Repetição) ou DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho).

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘Hoje o indivíduo se explora e acredita que isso é realização’ – diz o filósofo sul-coreano Byung-Chul Han

burned-down-252232_640

“A sociedade do século XXI não é mais a sociedade disciplinar, mas uma sociedade de desempenho. Também seus habitantes não se chamam mais “sujeitos de obediência”, mas sujeitos de desempenho e produção. São empresários de si mesmos”
– Byung-Chul Han, em “Sociedade do Cansaço”.[tradução Enio Paulo Gianchini]. São Paulo: Editora Vozes, 2015.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Sua empresa se preocupa com a sua saúde?

adult-2449725_640

Uma das principais preocupações das empresas deve ser com o bem-estar dos seus colaboradores, principalmente quando o tema é saúde do trabalho. Ter todos os funcionários trabalhando de forma produtiva é o ideal para as organizações, mas por diversos fatores isso não acontece com facilidade. E a ausência do colaborador por motivos de saúde é um deles.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

14 dicas para dormir melhor de acordo com uma especialista em sono

adorable-1850276_640

> Antes a gente contraindicava a televisão, por causa da luminosidade e da distração. Surgiram inimigos muito mais perigosos: o celular e o tablet, que devem ser as primeiras coisas a expulsar do quarto se você quiser dormir bem. A exposição à luz inibe a produção da melatonina, hormônio que induz ao sono.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Como o debate de ideias aprimora nossa inteligência

Tenho certeza de que você concordará se ouvir que, de maneira geral, nós, seres humanos, tentamos evitar conflito.

people-2557396_640

“Na maior parte do tempo, estamos tentando nos dar bem com as pessoas”, diz Liz Stokoe , professora de análise de conversas da Universidade de Loughborough, no Reino Unido.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Uma noite maldormida já é suficiente para o corpo estocar gordura

Estudo alerta: passar uma única noite em claro muda a atividade de genes associados à obesidade e o diabetes. Para pior.

bear-1383980_640

Atire o primeiro travesseiro quem não perde pelo menos uma noite de sono na semana porque ficou até tarde… [insira aqui o motivo que faz você ir para a cama de madrugada]. Que erro! Dormir poucas horas (ou nenhuma) em um único dia já é suficiente para provocar alterações no funcionamento do DNA que podem causar problemas de saúde a curto e a longo prazo.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

‘O ambiente de trabalho está matando as pessoas’

Para especialista, as longas jornadas e a insegurança deixam as pessoas doentes e cortam produtividade

Jeffrey Pfeffer, professor de comportamento organizacional na Graduate School of Business, da Universidade de Stanford. Foto: Universidade de Stanford

Jeffrey Pfeffer, professor de comportamento organizacional na Graduate School of Business, da Universidade de Stanford. Foto: Universidade de Stanford

Empresas estão criando locais de trabalho tóxicos, com insegurança sobre o emprego e longas horas de trabalho, o que têm derrubado a produtividade de funcionários. Essa é a avaliação do professor de Stanford, Jeffrey Pfeffer, especialista em comportamento organizacional. Confira os principais trechos da entrevista.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading

Os quatro excessos da educação moderna que perturbam as crianças

Quando nossos avós eram pequenos, eles tinham apenas um casaco de frio para o inverno. Apenas um! Naquela época de vacas magras, já era luxo ter um. Exatamente por isso a criançada cuidava dele como se fosse um tesouro precioso. Naquela época bastava a consciência de se ter o mínimo indispensável. E, acima de tudo, as crianças tinham consciência do valor e da importância de suas coisas.

rain-2591982_1280

Muita água correu por baixo da ponte, acabamos nos transformando em pessoas mais sofisticadas. Agora prezamos pelas várias opções e queremos que nossos filhos tenham tudo aquilo que desejarem, ou, caso seja possível, muito mais. Não percebemos que esse mimo excessivo ajuda a criar um ambiente propício para transtornos psicológicos.

CONTINUE LENDO A MATÉRIA

Continue reading